Tag Archive

Byadmin

6 dicas para manter seu carro com uma pintura impecável 6/6

Evite capas

Capas podem parecer uma boa ideia para proteger o seu carro, mas o uso exagerado pode arranhar a pintura na hora de retirar e colocar. O uso ideal é para proteger o veículo caso ele vá ficar parado por muito tempo. Se continua rodando com seu carro todos os dias, evite usá-las, mesmo que sejam de bons materiais como algodão. Além do mais, manter o carro coberto por muito tempo sem preparação pode gerar umidade, o que pode causar danos ao veículo.

 

Fonte: http://carros.ig.com.br

Byadmin

6 dicas para manter seu carro com uma pintura impecável 5/6

Ficar sob uma árvore é ruim

Em um país quente como o Brasil, a sombra de uma árvore é uma benção. Exceto para os automóveis. As árvores podem liberar seiva, que fica impregnada na pintura e é muito difícil de tirar – em alguns casos, só com um novo polimento e enceramento. Sem contar o risco de um ganho cair e, dependendo de como for a madeira e o tamanho do galho, pode danificar não só a pintura mas como amassar a lataria.

As árvores representam outro perigo: pássaros. As fezes dos pássaros possuem uma substância corrosiva que acaba com o verniz e a pintura do carro. O ideal é tirar as fezes o quanto antes. Se não for possível, jogue água em abundância e tente remover com cuidado. Caso não dê certo, o jeito será apelar para uma camada de cera. Alguns recomendam o uso de limão bem diluído. É algo arriscado que pode danificar ainda mais a pintura.

 

Fonte: http://carros.ig.com.br

Byadmin

6 dicas para manter seu carro com uma pintura impecável 4/6

Mas também não deixe sujo

Lave o carro. Fazer uma boa limpeza não é apenas uma questão de beleza, mas também protege o carro. A poeira acumulada e excessiva deteriora a pintura e as borrachas do seu automóvel. Quanto mais sujo ficar, mais urgente é a necessidade de limpar. Se voltar da praia ou de um lugar com lama, vale levar em um bom lava-rápido que limpe o carro por baixo, para evitar oxidação das peças.

 

Fonte: http://carros.ig.com.br

Byadmin

6 dicas para manter seu carro com uma pintura impecável 3/6

Banho de chuva faz mal

Todo mundo já deixou o carro fora da garagem para tomar chuva e economizar um pouco na lavagem. Péssima ideia. A água irá secar na pintura, formando manchas. No começo, isso não passa da camada de enceramento protetor. No entanto, se for recorrente, pode começar a passar pela proteção e manchar o nível superficial do verniz da pintura.

 

Fonte: http://carros.ig.com.br

Byadmin

6 dicas para manter seu carro com uma pintura impecável 2/6

Gaste um pouco com uma boa cera

Encerar o carro pode parecer coisa de quem se preocupa demais com sua caranga. No entanto, é algo que você também deveria fazer. A cera protege o veículo dos raios UV do sol, algo muito importante considerando o sol que faz no Brasil e o período em que deixa seu carro estacionado ao ar-livre. Atualmente, embora a pintura automotiva é mais preparada para aguentar o calor, há um limite. Gaste um pouco mais de dinheiro e mantenha o carro encerado. Uma boa cera profissional pode proteger de seis meses a um ano.

 

Fonte: http://carros.ig.com.br

Byadmin

6 dicas para manter seu carro com uma pintura impecável 1/6

Manter o seu carro com a pintura impecável é mais importante do que imagina. Não por motivos de ego, mostrando a todos como seu veículo é bonito e você cuida bem dele, mas sim por motivos financeiros. Na hora de vender, um automóvel com a pintura riscada e mal cuidada pode pesar no valor de revenda. E repintar pode não ser uma boa. Se pegar uma oficina que faça um trabalho ruim, o preço pode cair mais ainda. Por isso, vale a pena tomar alguns cuidados e manter seu carro novo em folha. Confira nossas 6 dicas para manter a pintura como se se tivesse acabado de sair da fábrica.

Cuidado na lavagem

Um dos erros mais comuns que causa dano na pintura acontece na hora de lavar o carro. Até mesmo alguns lava-rápidos erram no procedimento e no uso de materiais, como começar a lavagem por baixo. Dependendo do estado, a bucha pode pegar a terra que estava no para-lamas, riscando a pintura do resto do carro.

Siga nossas dicas de como lavar o carro com pouca água, usando sempre um xampu adequado e panos de microfibra. Lave o carro na sombra e com a lataria fria, pois o calor vai secar e fazer manchas na pintura. Evite produtos domésticos, como detergentes, por possuírem pH e componentes químicos que não são adequados para o uso em carros.

Fonte: http://carros.ig.com.br

Byadmin

6 dicas de como se preparar para o exame de direção

Existem algumas pessoas que só de ouvirem falar em uma prova para tirar a carteira de habilitação, começam a passar mal. Isso, porque o aluno será avaliado por um professor da escola de direção, que irá verificar se o mesmo está apto para conseguir sua carta. E qualquer nervosismo pode colocar tudo a perder, certo?

Portanto, para ajudá-lo a fazer uma prova de sucesso vamos dar 6 dicas de como se preparar para o exame de direção! Coloque os cintos de segurança e prepare-se para a nossa aula!

Treine seus pontos fracos

Se você não é o mestre da baliza, recomendamos treinar a manobra antes da prova de direção. Praticar o que não se domina é a melhor forma de chegar ao grande dia com mais segurança. Procure treinar bastante, todos os seus pontos fracos, para garantir mais pontos no seu exame de CNH.

Tenha uma boa noite de sono

Ninguém consegue ter um dia seguinte produtivo, se ficar se revirando na cama a noite toda, concorda? Por isso, o mais recomendado, um dia antes da prova do CNH, é tomar um chá relaxante e ir para cama cedo. Evite bebidas com cafeína antes de dormir, ok? Ou você não vai conseguir nem fechar os olhos. O mais importante é conseguir ficar tranquilo.

Saiba o que será cobrado

Uma ótima dica para se preparar para sua prova de CNH é ter conhecimento do que será cobrado durante todo o exame. Até porque, nada pior do que ser pego de surpresa, você não acha? Se você tiver ideia do que será pedido em seu teste, certamente fará uma prova com muito mais confiança.

Preste atenção no instrutor

Se você costuma ser o sabichão, chegou o momento de deixar isso de lado. Escute atentamente tudo que seu professor tem a falar e pegue as dicas que ele vai dar. Lembre-se que o profissional sabe como funcionam as aplicações dos exames e o que leva uma pessoa a ser reprovado.

Faça uma checklist mental do que fazer

Organizar seus pensamentos antes de começar o teste é uma das melhores formas de como se preparar para o exame de direção. Dessa maneira você não fica nervoso e consegue realizar cada etapa com eficiência. Portanto, reflita no que precisa ser feito, durante sua prova. Respire fundo e tenha muita firmeza, tudo bem?

Fuja dos vícios

Nenhum instrutor de trânsito gosta de vícios. Então, nada de deixar seu carro no ponto morto, quando descer um morro. Isso é uma infração e você pode correr o risco de ser reprovado no exame. Fique atento aos pequenos atos que podem barrar sua aprovação!

O mais importante de tudo é sempre manter a calma. Afinal, você só vai testar o que aprendeu.

Gostou das dicas de como se preparar para o exame de direção? Então compartilhe o post em suas redes sociais!

Fonte: http://portalautoshopping.com.br/

Byadmin

Dicas de economia de combustível com pneus – 6/6

COMO REDUZIR A RESISTÊNCIA À RODAGEM

4 atitudes simples para diminuir a força de resistência e economizar dinheiro

FATORES QUE IMPACTAM NO CONSUMO DE COMBUSTÍVEL.

O pneu precisa ser flexível para proporcionar conforto e aderência, por isso, durante a rodagem ele se deforma em contato com o solo, aquecendo e consumindo energia, portanto combustível.

Para voltar à sua forma inicial após cada deformação, o pneu necessita de energia, sendo que parte dela é perdida em forma de calor. Essa perda de energia é chamada de resistência à rodagem, e esta é responsável por 33% do consumo de combustível de um veículo de carga e passageiro.

Portanto no caso do pneu de carga e passageiro, para reduzir o consumo de combustível é preciso reduzir a “resistência à rodagem”.

Podemos concluir que: pneus,resistência à rodagem e consumo de combustível estão diretamente ligados.

A importância desses serviços e cuidados permitem uma enorme   redução da resistência à rodagem (+ Economia de combustível):

  • Manutenção e calibragem dos pneus

É importante verificar regularmente se os pneus apresentam calibragem correta, perda de pressão, desgastes irregulares, agressões e/ou danos na banda de rodagem, traços de envelhecimento na borracha, objetos retidos na banda de rodagem ou entre geminados, etc. A manutenção correta e calibragem dos pneus diminuem a sua resistência à rodagem reduzindo o consumo de combustível do veículo.

  • Manutenção da Geometria do Veículo

Uma manutenção correta da geometria do veículo; através do alinhamento e balanceamento, e regulagem dos freios diminuem as forças que se opõem ao deslocamento do veículo, reduzindo assim à resistência à rodagem e conseqüentemente o consumo de combustível.

333

 

Fonte: http://ecotruck.net.br

Byadmin

Dicas de economia de combustível com pneus – 5/6

VERIFIQUE A CALIBRAGEM DOS PNEUS

 

A pressão correta melhora o desempenho dos pneus e economiza combustível, muito importante manter a pressão correta dos pneus do seu veículo, pois além de melhorar o desempenho do carro e economizar combustível, ainda contribui para sua segurança.

Quando estão descalibrados, os pneus perdem aderência com o solo. Com isto, há aumento vertiginoso na distância percorrida em casos de frenagens bruscas e  maior perigo com aquaplanagens em pista molhada.

Além dos problemas de segurança, pneus com pressão inadequada também pesam no bolso, pois aumentam o consumo de combustível e as probabilidades de estragos no pneu, comprometendo sua vida útil.

Como saber qual é a pressão correta dos pneus do carro?

A pressão correta varia de acordo com o tipo de pneu e modelo do carro. Todo fabricante deve informar aos consumidores qual é a pressão ideal dos pneus do veículo.

Geralmente há um selo com esta informação no próprio veículo. Na maioria das vezes ela se encontra na parte interna da porta, próximo ao pilar de segurança, que fica visível apenas quando as portas do veículo estão abertas.

Muitos fabricantes também colocam esta informação no para-sol. Caso seu veículo não tenha o selo em nenhum destes locais, basta olhar a informação no manual do proprietário.

Quando é preciso conferir a pressão dos pneus?

No mínimo uma vez a cada 15 dias ou antes de pegar a estrada ou de longas viagens. Porém, o mais indicado é que o proprietário faça a calibragem dos pneus semanalmente.

Além disto, quando o carro está muito carregado – com sobrepeso de bagagens, por exemplo -, é possível que o fabricante determine o aumento da pressão dos pneus. Neste caso, verifique a informação correta no manual do veículo.

Pressões

  • Seguir a recomendação do fabricante do veículo.
  • Corrigi-las sempre com os pneus frios, isto é, antes de iniciar a rodagem.
  • Freqüência de correção mínima: duas vezes ao mês, com manômetros aferidos.

Obs.: Nunca retire ar dos pneus quentes, isto é, durante ou logo após a rodagem. Verifique sempre se há fugas lentas de ar pela base ou núcleo da válvula. Coloque sempre tampas nas válvulas.

Indicadores de desgaste

De acordo com as normas técnicas e de trânsito em vigor, é proibida a circulação de veículos equipados com pneus cuja profundidade dos sulcos da escultura esteja inferior a 1,6mm em qualquer ponto da banda de rodagem.

 

Fonte: http://ecotruck.net.br

Byadmin

Dicas de economia de combustível com pneus – 4/6

BAIXA PRESSÃO NOS PNEUS: UM VILÃO AO SEU BOLSO

Além de aumentar o consumo de combustível, ainda diminui a vida útil do produto

Você sabia que além de perigoso, deixar seu caminhão ou ônibus com a pressão dos pneus abaixo do indicado pode custar caro ao seu bolso? Há dois fatores principais neste sentido:

 

Redução da vida útil

Dirigir com pressão abaixo do solicitado pelo fabricante causa maior deterioramento ao pneu e pode sobrecarregar o sistema de direção. Além disso, a pressão incorreta gera um desgaste prematuro dos pneus. Para se ter uma ideia, um excesso de pressão de 20% representa uma redução de vida da ordem de 28% e, uma pressão abaixo em 20¢ representa uma perda de vida de aproximadamente 22%.

Aumento do consumo de combustível

A pressão abaixo da recomendada aumenta significativamente a resistência à rodagem dos pneus. Uma pressão de 20% abaixo da recomendada aumenta o consumo em 1,7% (transporte em Longa distância).

 

Pressão errada é sinônimo de menor segurança

Além de doer no bolso, a pressão baixa nos pneus causa maior fadiga aos mesmos, o que gera uma falha prematura. No caso de uma pressão alta, a mesma pode ocasionar uma menor aderência. Em ambos os casos, a segurança dos bens e pessoas fica comprometida.

 

Fonte: http://ecotruck.net.br